Amiga Marta

Acredito que todos nós, ou pelo menos a maioria de nós conhecemos a historia de Marta e Maria que tiveram o privilegio de receber o senhor Jesus em sua casa, Maria aproveitou cada momento se mantendo  próxima de Jesus atenta aos seus ensinamentos, enquanto Marta estava ocupada demais com os preparativos, que acabou não dando a devida atenção ao Senhor Jesus.

Hoje lendo um pouco sobre Marta logo me veio a mente a amiga Marta. Aquela amiga que está sempre ocupada, preocupada em fazer isso ou aquilo e nunca tem tempo para você. Você á ama muito, mas vocês só se encontram rapidamente nos corredores, ou em alguma reunião e nesse tempinho mal cabe um abraço. Bom, já ouviu dizer que quem muito se ausenta deixa de fazer falta? Eu tenho mais a dizer, a Marta está tão preocupada em fazer muitas coisas, que deixa de ser, de ser; agradável, presente, disponível, convidada e o pior quando não houver mas o que fazer, quando o trabalho acabar, ela não é mais nada, deixa de ser necessária.

Eu não estou dizendo que você deve deixar os seus afazeres de lado para ficar de papo com as suas amigas, de jeito nenhum! O que quero dizer é que há tempo para tudo, e quem está muito preocupada em fazer deixa de ser, faça uma autoanalise e veja se você tem tirado tempo para as pessoas que são realmente importantes na sua vida e você verá que é imensamente proveitoso.

E Ah!!… Uma Marta é provavelmente uma mulher desorganizada, porque por mais que você tenha muitos afazeres se souber administrar o seu tempo, se você é disciplinada encontrará tempo para tudo.

Anúncios

Eu Mereço Confiança …

Eu mereço confiança!È o que ela sempre diz, mas será que ela está se fazendo merecedora desta confiança? A minha resposta é não!Se você não consegue controlar seus sentimentos, se decidiu viver intensamente um sentimento que sabe que é errado, bom, se não consegue controlar esses sentimentos, ou melhor, decidiu não controlar será que você não irá também sucumbir aos desejos carnais? Será que quando o seu corpo clamar pelo dele irá suportar, ou vai fazer como da outra vez e se entregar ao que sente?Será que irá mesmo resistir? Será que não irá passar a obedecer somente a esse sentimento, deixando de lado seu verdadeiro valor? Será?

Que motivos você deu para que eu acredite que irá suportar? O seu bom comportamento, a sua boa conduta?Tudo bem, isso eu posso até reconhecer e te parabenizar querida, isso faz com que eu confie que você pode tomar algumas boas decisões, que sabe se colocar no seu lugar, mas isso não me diz nada sobre os seus sentimentos. O que você me disse sobre os seus sentimentos foi que; não consegue resistir á eles, e não consegue dar ouvidos á voz da razão, e a voz dos seus sentimentos são muito mais importantes que os conselhos de seus pais, que você é capaz de se arrastar e se humilhar abrindo mão do seu valor, para convencer que é merecedora do que já é seu! Pense comigo! Aproveite os tantos espelhos que há dentro de si mesma, pense, talvez essa falta de confiança seja reflexo de como você tem agido diante dos seus sentimentos, e talvez nas mínimas coisas vocês já esteja começando a mostrar que o que você diz já não é tão confiável.

O que te posso dizer é que ainda esta em tempo de você deixar de seguir seus sentimentos e começar a agir pela fé, pela fé inteligente! Não viva pelo que sente viva pela fé, se você realmente quiser você pode dar meio volta e entrar pelo caminho certo; o caminho da razão, ao seja orgulhosa e eu sei que lá no fundo, ou melhor, no âmago você sabe que este não é o caminho certo, você sabe que assim não será feliz.

Não minha querida, eu não me acho melhor do que você nem sou dona da razão, estou escrevendo esse post em primeiro lugar para mim e tenho certeza que se você “me der ouvidos” não irá se arrepender, e se não ouvir, bom… Eu avisei!